Ellen. Um mini conto escrito a partir de uma fotografia de William Eggleston

Fotógrafo: William Eggleston

Devoe Money in Mississipi, 1970

Já na cozinha, apreensivo, me dirigi à porta de serviço vermelha agora desbotada que dava para o quintal, esse apanhado de meia dúzia de figueiras cinquentenárias, grama mal cuidada, terra ressecada e alguns arbustos em volta de um quadrado central de paralelepípedos onde ficava o banco de ferro fundido. Lilian havia ligado de manhã cedo, algo inusual havia acontecido e eu precisava ir o quanto antes à vila das Figueiras. Agora estava a apenas um giro de maçaneta daquele lendário quintal. Apoiei nela minha mão acovardada e o frio do metal enferrujado foi como um tapa na cara. Tentei me esquivar da lembrança de décadas atrás quando Ellen reprendia a Lilian porque os metais da casa não brilhavam o suficiente. Naquela manhã algo parecia haver mudado, uma intuição dúbia me assolava, sem sequer conseguir prever o tom dos acontecimentos. Girei lentamente a maçaneta para liberar a trave. Abri a porta devagar e fui subitamente envolvido por uma reconfortante luz alaranjada. Era outono em Carlos Casares.

Posts Recentes
Arquivo